sábado, 21 de maio de 2011

Perdida em lagrimas



Um olhar nostálgico e secreto
Que lembrança sofrida trazia
Sonhava com um amor discreto
Que por medo nunca nutria
 As lágrimas gritavam seu lamento
E a tristeza matava toda sua esperança
E lá estava sua alma perdida no imenso
Correndo pela floresta da lembrança

Onde a árvore do desespero
Perturbava em meios às pedras do desamor
Fazia-a tropeçar em seus devaneios
Com um tremor avassalador

Caída em meia floresta do medo
Com angústia no coração delicado
Engole a dor das suas lembranças no seco
E levita no vento da floresta perfumado



Por: Condessa Suy

10 comentários:

  1. Muito bom o poema, você tem muito talento, gostei mesmo! Nota 1000

    ResponderExcluir
  2. nossa Suy vc cada vez criando poemas profundos , q condizem com a vida de muitas pessoas , cada historia uma pessoa ja passou por ela muito massa memso parabens

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema.Adorei!
    Sou sua fã.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Suyyyyyyyyyyyyyy *---------*
    amei, tudo que vc faz é lindo
    parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  5. nosssa essse poema seu e d muita qualidade muito bom msm gostei vc tem muito talento pra isto

    ResponderExcluir
  6. Suyyyyyyyyyyy!
    Minha linda, que saudades!
    Parabéns pelo blog, tá mto bom! ;)
    Blo poema.... *-----*

    ResponderExcluir
  7. Não posso negar ou esconder minha verdadeira opinião sobre este poema...
    Nota 10!
    Perfeito garota, continue assim, vc se superou e tbm superou as minhas espectativas sobre vc, obrigado pela leitura maravilhosa que me transmitiu, continue assim, adorei este.
    A seus pés_
    Mort, belém-pa

    ResponderExcluir
  8. O âmago de teus proscritos fascinam, não posso dizer que é tão fascinante quanto você pois a pouco conversamos, muito pouco tempo para definir uma pessoa, se o fizesse seria um mentiroso e estaria tentando agradar-te. Mas imagino que seja uma ótima garota. Gostei muito do que li, aos meus olhos : ótimo. Nunca pare de escrever e nem de sentir, pois p/ o artista tudo se resume em intensificar tudo o que se vive, sinta como se fosse o último e escreva com a alma, como vi aqui, e o executa muito bem. Grande beijo . Feliz em seguir!

    ResponderExcluir
  9. A magia do pensamento encanta o nosso ser.

    ResponderExcluir